quarta-feira, 10 de junho de 2009

As Margens De Um Crime - In the Electric Mist


Poucos filmes abordam a devastação que se encontra o sul dos EUA como, " As Margens De Um Crime - In the Electric Mist".
O Sul dos EUA hoje é uma das regiões mais abandonada pelo governo americano, devido a predominância de negros ali residentes, característica do seu passado colonial acrescido pela devastação do Katrina.
Quem assistir ao filme verá que o agravo as situação local com o furacão é toda hora mencionado na história, mostrando como a população local vem enfrentando dificuldades até hoje.
Vários diálogos entre o Detetive Dave Robicheaux (Tommy Lee Jones) e as pessoas próximas a ele deixam isso evidenciado. Até mesmo os crimes que ele tenta solucionar estão diretamente ligado as condições econômicas da região hoje.
Dave, tem que desvendar uma série de assassinatos de jovens e belas prostitutas que acabam caindo nas mãos de um serial killer ligado ao chefão do crime da região Baby Feet Balboni (John Goodman) que aproveita-se da fragilidade econômica dos moradores locais para explorá-los de várias formas.

Em meio essa caça louca pelo assassino, Dave terá um encontro duplo com passado, os fantasmas da Confederação (The Confederacy) e a ossada de um negro morto a mais de 40 anos encontrado acarretando as margens de um rio local.
Muito interessante observar que quando o detetive Dave percorre as ruas da região a câmera procura mostrar os estragos até hoje presentes no região, com casas abandonadas, destruídas e a extrema carência de atenção governamental existente alí.
A trilha sonora é muito interessante, marcada pelo soul típico do sul dos EUA.
Antes de finalizar vale destacar que as críticas a In the Electric Mist nao têm sido nada favoráveis. O filme tem sido visto como um grande fracasso policial sem surpresas e com personagens superficiais. Nem mesmo o grande elenco consegue salvar a história onde os personagens estão soltos e perdidos. O roteiro é considerado desleixado pelos críticos assim como a direção Bertrand Tavernier.
Eu confesso que gostei mais da abordagem política/atual da região onde a trama se desenrola que da história em si. Fiquei um pouco entediada com os vários personagens que surgiam do nada e sumiam da mesma forma, como é o caso de Elrod Sykes ( Peter Sarsgaard).



2 comentários:

Fram disse...

A trilha do filme realmente é muito boa, mas não consigo achar se vc tiver alguma informaçãoa me passar fico grata. framnovais@hotmail.com
Obrigada! =]

JURADO - Corretor imobiliário Lopes disse...

Pelos comentários exagerados,
parece q vc nao viu o filme...
De qqr forma, é um ótimo e supreendente filme do gênero Policial (com uma trilha sonora de tirar o chapéu - tem até o Buddy Guy atuando no filme!)q mostra, de forma paralela e sem "levantar bandeiras" a situação precária da região em decorrência do furacão Katrina. E os crimes, em nada tem a ver com a pobreza da região descritos.
É isso.